Caso Fabiane: projeto de Lei quer punir quem divulga mentiras na internet

Paulo Bernardo, o Ministro das Telecomunicações, declarou no dia 14 de maio, que tem como objetivo fazer com que as conexões de fibra ótica atinjam pelo menos 95% dos municípios do Brasil. Segundo ele, podemos esperar por essa cobertura nos próximo quatro ou cinco anos, sendo que um novo leilão para a oferta de banda larga de quarta geração, o popular 4G, está previsto para agosto.

“Estamos preparando uma nova licitação para 4G. Vai ser estipulado um preço mínimo para os lotes, pois pode ser que haja uma concorrência maior e que aumente a arrecadação prevista. Serão quatro lotes nacionais e lotes regionais. A previsão de arrecadação pela Fazenda foi de R$ 7,5 bilhões, cumprindo as exigências de contrapartida. Vamos fazer todos os cálculos de novo e pode ser que aumente”, afirmou.

O Ministro também confirmou durante um seminário internacional sobre internet, na Zona Sul do Rio de Janeiro, que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) receberá um aporte de cerca de R$ 30 bilhões do Tesouro em 2014. Paulo Bernardo admitiu que para ampliar o uso da fibra ótica será necessário melhorar as infraestruturas existentes, já que ainda existem elevados graus de desigualdade no Brasil no uso e acesso à internet entre pessoas de maior e menor renda.

Dispositivos móveis mais populares

“Nossa visão é de que o crescimento vai ocorrer pelos mecanismos móveis. As pessoas não querem telefone que esteja amarrado por um fio, nem computador. Não é a toa que o número de tablets já superou a venda de computadores. Precisamos fazer conexão de fibra ótica com todos os municípios. Temos que chegar a pelo menos 95% dos municípios e isso tem que acontecer nos próximos quatro ou cincos anos”, disse o Ministro das Telecomunicações.

Ele ainda completou ao ilustrar o exemplo de Brasília, em que no Plano Piloto é possível comprar 10 MB por R$ 50 e enquanto nas cidades satélites mais afastadas o valor é de 1 MB por R$ 80, já que não há suporte adequado. “É evidente que temos desigualdade muito grande no uso e no acesso das pessoas de maior e menor renda. Mas entre jovens de 15 e 19 anos, não tem diferença, praticamente 92% do acesso é principalmente móvel. A juventude se vira”, disse Paulo Bernardo.

O Ministro também estará no mês que vem nos Estados Unidos e na Europa com o objetivo de atrair investidores internacionais para o leilão do 4G. Segundo ele, uma das metas do governo é cobrir as áreas rurais e as periferias das cidades, já que o acesso à internet é um possível início de desenvolvimento dessas localidades.

Quando questionado sobre a Copa do Mundo, Paulo Bernardo disse que 80% das cidades-sede já possuem cobertura de internet 4G, sendo que todos os estádios possuem dois anéis de fibra ótica instalados para garantir transmissões de alta definição.

 

 

fonte e notícia : tecmundo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s