Braços do Dr. Octopus existem de verdade e têm memória muscular

 

Quem é fã de cinema, games e quadrinhos provavelmente conhece o Dr. Octopus, um dos inimigos mais célebres do Homem-Aranha. Na história, basicamente, o cientista Otto Octavius constrói um anexo ao corpo em forma de quatro braços biônicos que ganham vida própria e são controlados pelo cérebro do sujeito. Fique tranquilo: ninguém fez algo parecido e enlouqueceu. Mas o protótipo da fabricante alemã Festo é o mais próximo que já chegamos dessa trama.

A empresa apresentou um conceito do acessório em 2010, data de criação do vídeo acima. Quatro anos depois, segundo a NewScientist, a promessa foi cumprida. Nos laboratórios, é possível interagir com um sistema de braços mecânicos (que, na verdade, são mais inspirados em trombas de elefantes) que podem fazer muitos trabalhos mecânicos com precisão.

O equipamento pode ser usado para pegar objetos, trocar lâmpadas e adaptar-se a vários setores de trabalho. O mais incrível é que ele tem uma espécie de “memória muscular” que é parecida com o que os bebês fazem no início da vida – ou seja, com treinos de tentativa e erro, é possível condicionar os membros feitos por ligações de tubos pneumáticos extremamente finos a repetirem uma ação e guardarem o processo no sistema. Se você ordena ao robô para fazer um movimento para a esquerda duas vezes, por exemplo, vai notar maior fluidez e velocidade na segunda ação.

fonte e notícia : tecmundo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s