Falha no sistema da Polícia Federal impede emissão de passaportes em SP

 

Quem foi até a Polícia Federal da Lapa, zona oeste de São Paulo, tentar buscar seu passaporte voltou de mãos abanando. Isso porque todos foram orientados a retornar ao local 15 dias depois, sem haver a necessidade de um reagendamento.

Uma falha na sede da Polícia Federal de SP impediu a emissão de passaportes, atrasando a entrega para aproximadamente 300 pessoas no dia 07. Segundo a PF, uma falha em equipamento deixou inoperante o sistema no bairro da Lapa, o que atrapalhou os planos de muita gente.

Hoje, o atendimento funciona normalmente até as 12h e amanhã, por causa do feriado da Revolução de 32, não haverá atendimento.

 
fonte e notícia : tecmundo

Windows 7 deixará de ter suporte base em 13 de janeiro de 2015

 

Em um anúncio oficial em sua página de suporte, a Microsoft revelou uma lista de serviços que deixarão de ter o suporte base da empresa. Entre eles, temos itens menores como os service packs dos programas Office 2010 e Visual Studio 2012.

O que chama a atenção, porém, é que o sistema operacional favorito do público também entrou na roda – sim, o Windows 7, em todas as suas versões, vai perder suporte da empresa. Isso, de fato, já tem até data para acontecer: 13 de janeiro de 2015.

Vale notar que a plataforma não é a única da empresa a estar para perder suporte da Microsoft. O Windows Server 2008, por exemplo, também está marcado para a mesma data, enquanto o Windows Phone 7.8, mesmo sendo um sistema operacional recente, terá o suporte cortado ainda mais cedo, no dia 9 de setembro de 2014.

Ainda não é o fim

Antes que você comece a se preocupar com a notícia, vale frisar que a empresa apenas está dando fim ao suporte base. Isso significa que a Microsoft apenas não vai mais aceitar pedidos de alterações de design ou adicionar novos recursos à ferramenta.

“Mas o que vai acontecer com meu Windows 7 e meu Windows Phone?”, você pergunta. A partir das datas citadas acima, os sistemas operacionais vão entrar no suporte estendido, um período de cinco anos em que as plataformas continuarão recebendo suporte como atualizações de segurança.

Então se você quiser ficar mais um pouco com o Windows 7 ou Windows Phone 7.8 enquanto espera a chegada de sucessores que pareçam mais interessantes, não se preocupe: ainda há tempo de sobra para continuar usando ambos os sistemas.

 
fonte e notícia : tecmundo

Um simples teste de sangue poderá identificar o surgimento de Alzheimer

 

O Alzheimer é uma doença degenerativa bastante cruel, caracterizada pelo declínio cognitivo que afeta os pacientes. Apesar de ainda incurável, possui tratamento e, se depender dos cientistas da Universidade King’s College de Londres, poderemos ganhar mais um aliado na luta contra esse mal.

Os pesquisadores desenvolveram um novo teste sanguíneo que pode prever o Alzheimer com um ano de antecedência depois de o paciente começar a apresentar brandos distúrbios de memória. E eles afirmam que o seu uso clínico poderá estar disponível em até dois anos.

O teste consiste em identificar 10 tipos de proteínas que poderiam predizer quais pessoas desenvolverão a condição. As avaliações conduzidas tiveram precisão de 90%, mas os cientistas estão cautelosos: “Muitos exames de sangue pareciam ser a próxima grande novidade, mas não obtiveram sucesso – nós temos que replicar esses resultados em larga escala”.

O diagnóstico recente poderia maximizar o efeito das drogas que retardam a progressão da doença, uma vez que tardar na identificação do mal reduz a eficiência dos medicamentos. Quem sabe não estamos testemunhando um grande passo na luta contra o Alzheimer.

 
fonte e notícia : tecmundo

Futurologia: pílulas de informação e a internet entre os Direitos Humanos

 

No passado, algumas previsões de Nicholas Negroponte, fundador do MIT Media Lab, arrancaram risos de descrédito da mídia especializada em tecnologia. Entre os “absurdos” antecipados pelo cientista, estão a tela sensível ao toque e certa diminuição sistemática dos aparelhos — desengonçados à época —, os quais deveriam se tornar “menores, mais finos e mais brilhantes”.

E há ainda quem tenha tirado sarro de outra previsão de Nicholas. Particularmente, a revista Newsweek. Em uma de suas edições, havia uma nota tornada particularmente infeliz pelo passar dos anos: “Nicholas Negroponte, diretor do MIT Media Lab, prevê que nós em breve vamos comprar livros e jornais pela internet. Ah, é claro” disse o editor Clifford Stoll à época.

Dessa forma, quando um sujeito com esse histórico resolve lançar novas previsões, o mínimo que qualquer sujeito consciente deveria fazer seria ouvir do que se trata com atenção, certo? De fato, durante recente palestra conduzida pelo TED, Negroponte lançou mais duas de suas previsões.

Em uma delas, ele retoma uma proposta sua, expandindo a ideia do famoso “One Laptop Per Child” (um computador por criança). Mas a coisa pode ficar ainda mais digna de ficção científica: para o visionário do MIT, em algumas décadas, caso se queira aprender uma nova língua, bastará engolir a pílula apropriada.

Aprendizado digestivo?

“Nós temos consumido muita informação através dos nossos olhos, e talvez esse seja um canal pouco eficiente”, disse o cientista durante a referida palestra para o TED (Tecnologia, Entretenimento e Design). Dessa forma, deve haver um jeito mais apropriado, que nos permita ir de uma nova língua a Shakespeare sem acabar com uma bela azia, certo?

“A minha previsão, portanto, é que nós poderemos ingerir informação”, ele continua. “Eu vou engolir uma pílula e vou aprender inglês.” Para Negromonte, a absorção das informações se dará por meio da corrente sanguínea, de tal forma que a informação seja transportada até o cérebro e, posteriormente, se aloque em seu devido lugar… E voilà!

“Você vai engolir uma pílula e aprender Shakespeare”. Ou italiano, ou latim. Ironicamente, talvez até microbiologia e ciência da computação. De acordo com o cientista, um tal método de aprendizado deve se tornar o padrão daqui a aproximadamente 30 anos. “Uma das vantagens da idade, é que eu posso dizer com bastante confiança que eu estive no futuro”. É esperar para ver.

Como conectar o “último bilhão” de pessoas?

Nicholas Negroponte foi particularmente feliz em suas previsões com interfaces e, de forma geral, com tecnologias ligadas à computação — sabe o CD-ROM, por exemplo? Pois é. Mas uma das investidas sociais do cientista também se tornou particularmente célebre, sobretudo quando ele passou a se dedicar às formas possíveis de aprendizado por meio da computação.

Trata-se da intitulada “One Laptop Per Child” (um computador por criança) — sim, aquela mesma que assistiu crianças na África, permitindo que em seis meses os pequenos, sem qualquer instrução prévia, pudessem “hackear” o Android. Essa propostal deu origem a uma mescla de previsão e convite à filantropia, amparada na ideia de que “é possível ter aprendizado sem escolas”, pelo menos em situações-limite.

De acordo com Negroponte, o “último bilhão” de pessoas no globo poderia ser interconectada com um esforço relativamente modesto dos EUA. Para ele, as comunidades primitivas (de natureza rural) da África poderiam se beneficiar de satélites estacionários que conectassem os indivíduos, transformando o acesso à rede em um dos direitos humanos fundamentais.

O montante impressiona, a princípio. Seriam necessários US$ 2 bilhões para cada 100 milhões de habitantes lançados à internet. Entretanto, o cientista lembra que esse valor é gastado semanalmente pelos Estados Unidos da América na Guerra do Afeganistão.

A propósito, sobre a tela sensível ao toque…

Sim, as telas sensíveis ao toque foram fortemente criticadas quando a tecnologia foi divulgada pelo MIT durante a década de 1970. E havia pelo menos três motivos que justificavam a inviabilidade da proposta, os quais foram lembrados por Negromonte.

Vale a pena conferir:

 

  • A mão tampa a visão do usuário;
  • Uma resolução muito baixa associada à tecnologia; e
  • A tela do dispositivo invariavelmente acaba suja.

 

Bem, juntamente com o prognóstico jocoso deixado para os e-books e jornais online, isso certamente conta pontos para Nicholas Negroponte e nos faz esperar por um futuro interconectado… E com informações digeridas circulando pela corrente sanguínea, até chegar ao cérebro.

 
 
fonte e notícia : tecmundo

Conheça Thoreau, o cão que fareja HDs e outros materiais de armazenamento!

 

Filmes como “K-9” e “Bingo” marcaram nossas Sessões da Tarde. Na verdade, qualquer longa que tenha sua temática centralizada em cachorros (ou outros animais) costuma ser interessante – e desafiador a quem produz e dirige. Eis um herói da vida real que foi rigorosamente treinado para farejar de tudo: Thoreau, um lindo labrador dourado. É o belo animal da imagem acima.

O cão, adestrado pela força policial de Rhode Island, nos EUA, rastreia HDspendrives e outros materiais de armazenamento. O objetivo, reporta o veículo Providence Journal, é combater a pornografia infantil.

Thoreau é treinado para identificar cheiros de metais e outros componentes comumente encontrados nesses dispositivos. O cão pode, então, ajudar as autoridades a achar materiais de armazenamento escondidos em residências suspeitas de possuir conteúdo de pornografia infantil nos dispositivos dos donos. “Se há um dispositivo de memória, ele vai farejar”, disse o detetive Adam Houston, companheiro do cão.

Treinamento rigoroso

Os cães da delegacia especializada são treinados em uma variedade de ambientes e podem sentir o cheiro de muitos materiais, incluindo discos óticos. A Motion Picture Association of America (MPAA), por exemplo, enviou cães para farejar policarbonatos utilizados em DVDs com o intuito de ajudar a detectar locais em que enormes quantidades de conteúdo patenteado são fabricadas ou produzidas.

No mês passado, o jovem Thoreau encontrou seu primeiro dispositivo de armazenamento num trabalho de campo. O labrador, segundo o detetive Houston, farejou escrivaninhas, mesas e prateleiras. Então, o cão encontrou um HD dentro de uma maleta que estava na parte de cima de uma mesa. Também foram encontrados um pendrive e um thumb drive. O cão começou a latir assim que sentiu a presença dos dispositivos. Em troca, Thoreau recebeu comida (é a recompensa que o sistema de adestramento utiliza como incentivo). “É assim que ele come todos os dias”, concluiu Houston.

É o cão sendo o melhor amigo do homem, como sempre.

 
fonte e notícia : tecmundo

Samsung afirma que roubo à fábrica foi de R$ 14 milhões, não R$ 80 milhões

 

Após uma declaração da polícia afirmando que R$ 80 milhões em equipamentos haviam sido roubados de uma fábrica da Samsung em Campinas, a empresa coreana emitiu uma nota afirmando que o valor real da carga levada é de R$ 14 milhões. Na segunda-feira, as autoridades informaram que cerca de 20 homens armados invadiram as instalações da companhia e encheram sete caminhões com notebookstablets ecelulares diversos.

De acordo com as informações da polícia, cerca de 200 funcionários da fábrica foram feitos de reféns durante a ação dos criminosos, que durou aproximadamente 3 horas. Em sua nota, a fabricante desmentiu também esse dado, afirmando que o total de trabalhados que foram rendidos ficou em torno de 50 pessoas.

Segundo o delegado titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) da Polícia Civil, Carlos Henrique Fernandes, os ladrões evitaram levar as iscas eletrônicas, forma como são chamados os aparelhos com rastreadores que são espelhados pelo estoque para permitir sua localização em caso de roubo. Dessa forma, há uma forma probabilidade da ação ter sido planejada por bastante tempo e é possível que funcionários também estejam envolvidos.

Especialistas

O delegado afirma ainda que a quadrilha é especializada em crimes desse porte e suspeita que um dos motivos que colocaram a Samsung na mira dos assaltantes é o fato da empresa produzir produtos de pequeno porte e preços elevados, facilitando o transporte e aumentando o lucro da ação. A fabricante afirmou que está cooperando com as investigações e irá tomar precauções contra novas ocorrências.

 

fonte e notícia : tecmundo